Loading...

Os Ramos da Física


No início do desenvolvimento das ciências, os nossos sentidos eram as fontes de informação utilizadas na observação dos fenômenos que ocorrem na natureza. Por isso mesmo o etudo da Fisíca foi se desenvolvendo, subdividido em diversos ramos, cada um deles agrupando fenômenos relacionados com o sentido pelo qual eles eram percebidos. Então, surgiram:

Mecânica - É o ramo da Física que estuda os fenômenos relacionados com o movimento  dos corpos. Assim, estamos tratando com fenômenos  mecânicos quando estudamos o movimento de queda de um corpo, o movimento dos planetas, a colisão de dois automóveis etc.

Calor - Como o próprio nome indica, este ramo da Física trata dos fenômenos térmicos. Portanto, a variação da temperatura de um corpo, a fusão de um pedaço  de gelo, a dilatação de um corpo aquecido são fenômenos estudados neste ramo da Física.

Movimento Ondulatório - Nesta parte estudamos as propriedades das ondas que se propagam em um emio material como, por exemplo, as ondas em uma corda ou na superfície da água. Também são estudados, aqui, os fenômenos sonoros, porque o som nada mais é do que um tipo de onda que se propaga em meios meteriais.

Ótica -  É a parte da Física que estuda os fenômenos relacionados com a luz. A formação de sua imagem em um espelho, a obsevação de um objeto distante através de uma luneta, a separação da luz solar nas cores do arco-íris etc. são todos fenômenos óticos.

Eletricidade - Neste ramo da Física incluem-se os fenômenos elétricos e magnéticos. Desta maneira, são estudados as atrações e repulsões entre os corpos eletrizados, o funcionamento dos diversos aparelhos eletrodomésticos, as propriedades de um ímã, a produção de um relâmpago em uma tempestade etc.

Física Moderna - Esta parte cobre o desenvolvimento da Física alcançado no século XX, abrangendo o estudo da estrutura do átomo, do fenômeno da radioatividade, da teoria da relatividade de Eistein etc.


Tradicionalmente, a Física é comunmente apresentada através desses ramos. Além disso, por comodidade didática, essa mesma subdivisão é respeitada na maioria dos textos de ensino da Física. Entretanto, esses ramos não constituem compartimentos estanques. Pelo contrário, os fenômenos estudados nos diversos ramos estão relacionados entre si através de um pequeno número de pricípios básicos, sendo possível, então, encarar esses ramos como um todo, tornando a Física uma estrutura lógica e consistente.

0 comentários:

Total de visualizações de página

Marcadores